Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Logística Sustentável

Publicado: Quarta, 24 de Maio de 2017, 09h41 | Última atualização em Terça, 06 de Junho de 2017, 11h20

A Diretoria de Planejamento (DPLA) e a Comissão Central de Logística Sustentável do Ifes estão retomando o Plano de Gestão da Logística Sustentável da instituição. A primeira ação será disponibilizar para gestores dos campi uma planilha que permitirá monitorar indicadores de sustentabilidade e planejar atividades relacionadas à economia e otimização de recursos.

Instituído pelo Decreto 7.746/2012 e Instrução Normativa do MPOG 10/2012, o Plano de Logística Sustentável determina que os órgãos da administração pública, ligados ao Executivo federal, implantem as comissões e realizem tarefas como atualizar o inventário de bens e materiais do órgão e identificar similares de menor impacto ambiental para substituição; buscar práticas de racionalização do uso de materiais e serviços; e definir ações de divulgação, conscientização e capacitação.

No Ifes, atualmente, a comissão responsável pelo plano é formada pelos servidores Guilherme Marques Fiorot (Presidente – Reitoria), Marina Pereira Ribeiro Sardinha (Nova Venécia), Sival Roque Torezani (Santa Teresa) e Wagner Poltroniere Entringer (Centro-Serrano).

A planilha que foi elaborada pela comissão e pela DPLA será disponibilizada para todos os diretores de Administração dos campi. Nela estão, por exemplo, as ações mínimas obrigatórias, como elaborar o diagnóstico de demanda e uso de água e adotar, como rotina, inspeções nas instalações para detectar eventuais vazamentos e uso inadequado dos recursos. Há ainda sugestões, como a otimização da vazão de torneiras e implantação de sistema de aproveitamento de águas pluviais, que poderão ser avaliadas pelos gestores.

A ferramenta permite que sejam monitorados mensalmente indicadores como número de servidores, consumo de água, consumo de energia elétrica e uso de materiais como copos descartáveis. A ideia é que primeiramente seja feita uma média do consumo dos últimos seis meses para cada indicador e sejam estabelecidas metas e ações para alcançá-las. À medida que as ações transcorrerem, os indicadores serão coletados e analisados a fim de identificar a efetividade do que foi proposto.

Haverá ainda uma webconferência no dia 26 de maio para apresentar a planilha aos diretores. A expectativa é de que a nova ferramenta permita a elaboração de relatórios periódicos com resultados e análises críticas feitas pelos campi.

Legislações referentes à Logística Sustentável:


Acompanhamento de atividades:

registrado em:
Fim do conteúdo da página