Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Estágio probatório técnico-administrativo em educação

Publicado: Quarta, 21 de Março de 2018, 18h55 | Última atualização em Quinta, 20 de Agosto de 2020, 17h54

Conceito:

Período de 03 anos, durante o qual a aptidão e capacidade do servidor serão objeto de avaliação para o desempenho do cargo, observados os fatores de assiduidade, disciplina, capacidade de iniciativa, produtividade e responsabilidade.

Orientações para abertura do processo:

Abrir processo eletrônico, conforme manuais disponíveis na página da comissão de processos eletrônicos

Código do assunto: 022.61

Assunto detalhado: Estágio probatório técnico-administrativo em educação

Informações Gerais:

1. Para o estágio probatório será contado apenas o tempo de efetivo exercício no cargo no Ifes, não sendo computado  o tempo de serviço prestado em outro cargo ou em outra entidade pública, sob qualquer vínculo, exceto o tempo computado em outro Órgão em caso de redistribuição.

2. Caberá à área de Gestão de Pessoas a abertura do processo para a primeira avaliação do estágio probatório durante os primeiros doze (meses) de efetivo exercício do servidor.

3. As avaliações de estágio probatório serão realizadas no 12º, no 24º e no 32º meses a contar do efetivo exercício, com base nas avaliações de desempenho em equipe realizadas e registros funcionais do servidor, fornecidas pela área de Gestão de Pessoas.

4. A avaliação será feita por uma Comissão de servidores estáveis constituída por:

I) Diretor da área na qual o servidor está lotado (Presidente da Comissão)

II) Chefe imediato do servidor;

III) Um servidor lotado na mesma área do servidor avaliado;

IV) Um representante do setor de Gestão de Pessoas

5. É de responsabilidade do presidente da comissão convocar os membros para realização das avaliações.

6. A "Ficha de Apuração" deve ser utilizada apenas na 3ª avaliação.

Formulários:

Relatório de avaliação

Ficha de apuração

Previsão Legal:

Lei nº 8112/1990

Nota Técnica nº 118/2015/CGNOR/DENOP/SEGEP/MP

Resolução do Conselho Superior Ifes nº 05/2014

registrado em:
Fim do conteúdo da página